Em Jesus há Paz e Libertação de toda doença

Em Jesus há Paz e Libertação de toda doença

images (5)

Vamos abrir a nossa Bíblia no Evangelho de São Marcos 5, 25-34: “E certa mulher que, havia doze anos, tinha um fluxo de sangue,
E que havia padecido muito com muitos médicos, e despendido tudo quanto tinha, nada lhe aproveitando isso, antes indo a pior; Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou na sua veste. Porque dizia: Se tão somente tocar nas suas vestes, sararei. 
E logo se lhe secou a fonte do seu sangue; e sentiu no seu corpo estar já curada daquele mal. E logo Jesus, conhecendo que a virtude de si mesmo saíra, voltou-se para a multidão, e disse: Quem tocou nas minhas vestes?  

E disseram-lhe os seus discípulos: Vês que a multidão te aperta, e dizes: Quem me tocou?
E ele olhava em redor, para ver a que isto fizera. Então a mulher, que sabia o que lhe tinha acontecido, temendo e tremendo, aproximou-se, e prostrou-se diante dele, e disse-lhe toda a verdade. E ele lhe disse: Filha, a tua fé te salvou; vai em paz, e sê curada deste teu mal.”

Como é que Deus nos socorre? Essa é uma pergunta que muitas vezes vem ao nosso coração. Como Deus pode socorrer uma pessoa diante de um fato concreto de sua vida? Essa Palavra vai nos iluminar diante dessa pergunta.  Repita comigo: “Filha, a tua fé te salvou. Vai em paz e fique livre de tua doença”.

Que interessante essa passagem. A mulher sofria de hemorragia havia 12 anos. Imagine você, que é mulher, ficar menstruada durante 12 anos. Essa mulher padecia e a Palavra de Deus mostra que ela buscou os recursos a seu alcance, foi atrás de muitos médicos e, ao invés de melhorar, só piorava.
Ela não tinha mais a quem recorrer, no entanto, não havia desistido de lutar. Essa mulher não desistiu da própria cura e não se isolou. Ela foi atrás de Jesus para tocá-lo. E existe uma diferença entre esbarrar e tocar em Jesus.

Havia uma multidão em volta de Jesus querendo um milagre. E tinha também muita gente que estava ali mas não acreditava n’Ele, e outros ainda que acreditavam que Ele era o Mestre, e também aqueles que realmente tinham fé. Muitos esbarraram em Jesus naquela multidão, mas quantas pessoas tocaram em Jesus? Apenas uma pessoa tocou em Jesus e Ele disse: “Quem me tocou? Alguém me tocou porque uma força saiu de mim”.
Como tocamos em Jesus? Pela nossa fé. Toda vez que tenho fé na pessoa de Jesus eu O toco.

Mais uma vez repito: Essa mulher que fala na Palavra não desistiu e não se isolou.
No momento mais difícil da vida de Jesus Ele pediu ao Pai: “Pai, se puder, afasta de mim esse cálice”. Isso significa que Jesus estava triste mas, mesmo magoado e deprimido, Jesus decidiu aceitar a vontade de Deus para Ele.

Talvez você tenha dito “Eu não aguento mais a pressão”, mas a pressão que Jesus viveu fez com que Ele suasse sangue. Foi muito sofrimento. Ele sabe o que é ficar triste, por isso pode nos ajudar nas nossas tristezas, porque Ele lutou e venceu. 
Quando Jesus pediu ao Pai que afastasse d’Ele aquele cálice, Deus enviou um anjo para dar força a Jesus. Nem mesmo o Filho de Deus tentou se erguer sozinho de uma grave depressão.
Se a depressão é grave, a pessoa não vai conseguir se levantar sozinha. Jesus buscou ajuda e o curioso é que a ajuda que Ele pediu não foi a que Ele recebeu. O que Ele pediu? “Pai afasta de mim esse cálice”, assim como nós pedimos “Senhor, liberta-me; Senhor, livra-me dessa humilhação…”.

Às vezes o nosso espinho na carne não é a gente, é uma pessoa. Tem mulher que é um espinho na carne na vida do marido e, às vezes, é o contrario: o marido é um purgante na vida da mulher, é o espinho na carne dela. Talvez seja um filho(a) que esteja tendo problemas.

Você pode se perguntar: “Por que essas coisas acontecem comigo?” Você não fez nada para merecer ou desmerecer, mas essas coisas acontecem. E aí você reza: “Senhor ajuda-me, liberta-me dessa situação” e Deus vai lhe dar força para atravessar as suas grandes dores.
O que nós queremos é nos livrar do problema. Tem gente que está doente e não quer tomar o remédio porque quer que Deus tire o remédio, mas Deus tem os Seus caminhos e Ele sabe a melhor forma de nos atender. Entenda que Deus não fez desaparecer o motivo da dor de Jesus, mas enviou alguém, um anjo, para socorrer, aliviar seu sofrimento.
Quando confiamos em Deus Ele coloca a pessoa certa ao nosso lado, Ele põe um médico que faz o diagnóstico correto ou uma pessoa para rezar… Ele coloca as pessoas certas para aquele determinado momento.

Tem gente que fica tão abatida que não consegue sair da cama por vários dias dentro de um quarto escuro. Qual o problema nesse caso? A pessoa se isolou. Deus deu pessoas capacitadas para tratar suas doenças, tem a família, tem padres, tem confessores, amigos. Meus irmãos, ficar isolado é um erro.

A gente precisa aprender a buscar ajuda. Não adianta, na sua tristeza, se isolar. Vai aqui um conselho para você que busca em Deus um milagre: temos que encontrar a pessoa certa para nós desabafarmos. Todos nós devemos ter uma pessoa sábia, de oração, instruída com quem a gente possa desabafar.

Sabedoria é diferente de instrução. Sabedoria é uma Luz do Espírito Santo que faz a gente tirar da vida o que ela tem de melhor. E a instrução sem sabedoria pode destruir, porque não adianta ter vários títulos se não se tem essa Luz do Espírito.

Repita isso: se eu começar a me confessar com mais frequência, serei uma pessoa mais feliz e saudável. Confessar é rasgar a alma na presença de Deus diante de um padre. Há quanto tempo você não rasga a alma diante de Deus?

Quando você está diante do sacerdote, na confissão, Jesus dá uma ordem a ele de desamarrar sua vida. Reze comigo: “Senhor Jesus, eu preciso me confessar e quero me confessar porque não quero viver uma vida amarrada. Senhor Jesus, me ajude porque eu preciso de tua intervenção na minha vida”.

E quando você tem contato com uma pessoa que pode te ajudar e desabafa com ela, essa atitude vai trazer conforto para você. Por que você não abre o seu coração?
Já parou para pensar que muitos dos problemas na sua vida podem ser porque você não se abre?

Temos que enfrentar a multidão como aquela mulher para tocar Jesus. Do Corpo de Jesus continua saindo Aquela Força que saiu para a mulher hemorroíssa, então busque tocá-Lo, e você pode tocar no Corpo de Jesus quando você comunga.
Uma vida sem Jesus é uma bomba, uma desgraça, e se ainda não está ruim o suficiente a sua vida, ela vai ficar, e não é que eu esteja praguejando, eu estou falando de uma realidade.

Sabe do que Nosso Senhor precisa para colocar a Salvação no seu coração hoje? Da sua abertura. Será hoje que você vai aceitar Jesus na sua vida? Vai aceitar mesmo sabendo que você vai ter que confessar?

Quem gosta de confessar e ficar contando seus fracassos, suas fragilidades? Ninguém gosta, eu não gosto, mas eu não vou para a confissão porque eu gosto, vou porque eu preciso.
Meu irmão e irmã, Jesus vai te atender, mas você precisa se confessar. Você pode perguntar: “Márcio, e se eu pedir perdão a Deus, Ele perdoa?”. Eu te respondo: Ele perdoa, no entanto, é no sacramento da confissão que a nossa vida é desamarrada. Abrir o seu coração só vai te ajudar!

Tristeza e depressão só vão levar a gente a se isolar, porque, nessa situação, vamos achando que ninguém quer estar conosco.

Levante-se como aquela mulher hemorroíssa que a Palavra cita para ir ao encontro de Jesus e tocá-Lo. Deus é fiel e não vai falhar com você. Sua primeira atitude tem de ser a dessa mulher: confiar em Jesus! Acredite no Senhor! A sua aflição não é maior que o socorro de Deus!

Fonte: http://eventos.cancaonova.com/acampamento-fe-e-milagres/pregacoes/em-jesus-ha-paz-e-libertacao-de-toda-doenca/