Papa Francisco condena violência de atentados terroristas na Espanha

Papa Francisco condena violência de atentados terroristas na Espanha

papa

Foto: Benhur Arcayan/ Fotos Públicas

O papa Francisco condenou nesta sexta-feira “a violência cega” dos atentados de ontem (17), na Catalunha que deixou 14 mortos e dezenas de feridos em Barcelona, em uma mensagem enviada pelo Vaticano.

Na mensagem, destinada ao arcebispo de Barcelona, cardeal Juan José Omella y Omella, o Papa manifesta “seu mais profundo pesar pelo cruel atentado que semeou morte e dor em La Rambla de Barcelona” e oferece suas orações pelas vítimas “que perderam a vida em uma ação tão desumana”, ressalta o texto assinado pelo Secretario de Estado, cardeal Pietro Parolin.

“O Santo Padre condena uma vez mais a violência cega, que é uma gravíssima ofensa ao Criador, e eleva suas orações ao Altíssimo para que nos ajude a continuar trabalhando com determinação pela paz e a concórdia no mundo”, destaca o comunicado.

“Com estes desejos, a sua santidade invoca sobre todas as vítimas, seus familiares, e o querido povo espanhol a bênção apostólica”, conclui o texto.

O porta-voz da Santa Sé, Greg Burke, emitiu um comunicado algumas horas depois dos atentados de ontem, em que afirmava que Francisco estava acompanhando com grande preocupação o que estava acontecendo em Barcelona.