terça-feira , 19 março 2019
Home / Sem categoria / Igreja Católica Apostólica Romana

Igreja Católica Apostólica Romana

Igreja Católica

É aquela porção do Povo de Deus reunido na unidade do Pai, do Filho e do Espírito Santo, que professa a sua fé em Jesus Cristo, em comunhão com a Igreja de Roma, sede dos Apóstolos Pedro e Paulo, procurada desde a antiguidade por muitas outras Comunidades Cristãs para serem confirmadas na fé e na comunhão católica. Por esta fidelidade à tradição apostólica, a comunhão católica acredita conservar integralmente os meios necessários para a humanidade alcançar a salvação em Cristo. Os católicos romanos acolhem a Palavra de Deus contida na Bíblia, celebram o mistério de Cristo nos Sacramentos, particularmente na Santa Ceia, professam a fé apostólica expressa nas formulações dos antigos Credos recebidos na Tradição, procuram viver em comunhão pela prática do mandamento do amor.

O povo dos fiéis de Cristo se reúne em Igrejas locais ou dioceses unidas aos seus pastores, os Bispos, que com os presbíteros e os diáconos, pelo sacramento da Ordem, servem à Igreja local na caridade, na proclamação da palavra e no culto. A Igreja de Cristo está verdadeiramente presente nas legítimas comunidades locais, onde o povo realiza a sua missão na variedade dos dons do Espírito Santo. Existem, na Igreja Romana, diversas condições de vida consagrada ao seguimento de Jesus Cristo e à missão: monges, missionários, freiras etc. As Igrejas locais, em comunhão umas com as outras, formam a unidade católica-romana representada e servida pelo Colégio dos Bispos, presidido pelo Bispo de Roma, o Papa.

Os católicos romanos consideram a Igreja de Jesus Cristo una, santa, católica e apostólica, Corpo do qual Cristo é a Cabeça. Sabem que a Igreja visível, desde a origem, se apresenta com uma grande diversidade que não se opõe à unidade da Igreja de Jesus Cristo. Reconhecem os cristãos das antiquíssimas Igrejas Orientais e das Igrejas do ocidente como “irmãos no Senhor”. As exigências da catolicidade levam pastores e fiéis a sarar as feridas das divisões ocorridas ao longo da história, comprometendo-se com o ecumenismo. Sentem-se vinculados de modo especial ao povo hebreu, com que Deus fez aliança e “de quem nasceu Cristo, segundo a carne” (Rm 9,5), vinculados também aos muçulmanos, que adoram o único Deus, e às outras religiões pela origem e o fim comum do gênero humano. Fiéis ao mandato missionário, procuram testemunhar Jesus Cristo e anunciar o Evangelho a toda a humanidade, particularmente aos pobres, num diálogo respeitoso com as demais religiões do mundo e as culturas.

Fonte: http://www.icatolica.com/p/inicio.html

Sobre Rádio Educadora

Verifique também

Arquidiocese de São Luís lança Campanha da Fraternidade 2019

O lançamento da Campanha da Fraternidade 2019 reuniu, no último sábado (09), clero, padres, diáconos …

Deixe uma resposta