Comissão Pastoral Da Terra No Maranhão Realiza Lançamento De Publicação Anual Sobre Os Conflitos No Campo Em 2022

Lançada nesta quarta-feira dia 10, a publicação conflitos no campo no brasil 2022 no auditorio do iema com o objetivo do lançamento é apresentar à sociedade civil e entidades do poder público, dados que retratem as violações de direitos humanos cometidos contra povos e comunidades tradicionais camponeses. dentre os conflitos entre terra,trabalho escravo e agua foram registradas 225 ocorrências, além do eixo de violência onde 7 assassinatos no campo maranhense sendo estes, 4 indígenas ,1 posseiroe 2 quilombolas . Um dos casos mais emblemáticos do ano de 2022, trata-se da liderança quilombola Edvaldo Pereira Rocha, da comunidade Jacarezinho em São João do Soter, encontrado morto com marcas de tiros no povoado Bom Jardim, nas proximidades do caminho que leva ao santuário São Francisco, no dia 29 de abril.

Brígida Rocha dos Santos (Assistente Social e Agente da CPT Maranhão em entrevista a rádio educadora sobre o eixo trabalho e a representatividade das ocorrências geradas no anos de 2022.
A precarização do trabalho sempre existiu no Brasil. Com a reformulação das leis trabalhistas em 2017, a precarização e a exploração do trabalho pioraram. Dom José Valdeci, Bispo da diocese de Brejo, referencial das pastorais pelo regional nordeste v falou sobre a representação dos números de assassinatos no campo em 2022.
A terceirização, ampliada com a reforma trabalhista, pode ser uma porta de entrada para o trabalho escravo. Ela está ligada a más condições de trabalho, salários mais baixos, maior índice de acidentes e negação de direitos trabalhistas.

 

Conflito por terra (eixo terra) – No eixo terra são casos de retomadas territoriais, acampamentos como forma de resistência, e também, na contramão, temos as queimadas criminosas, desmatamento criminoso; Além de formas de violências em geral, tanto contra pessoa (violação de direitos humanos) e contra natureza (direitos da natureza violados), violações a vida e existência dos sujeitos em seus territórios. Foram registradas 178 ocorrências de conflitos nestas áreas.

Trabalho escravo (eixo trabalho escravo) – Homens e mulheres encontrados em condições superexploração do trabalho em condições de vida insalubres, tais fatos promovidos pelos efeitos danosos do agronegócio e a consequente expulsão dos trabalhadores de suas terras de origem. Foram registradas 21 ocorrências.

Conflitos por Água (eixo água) – são ações de resistência, em geral coletivas, que visam garantir o uso e a preservação das águas; contra a apropriação privada dos recursos hídricos, contra a cobrança do uso da água no campo, e de luta contra a construção de barragens e açudes. Abrange atingidos por barragens e atingidos pela mineração. Neste eixo foram registradas 26 ocorrências.

Violência contra a pessoa (Eixo violência) – Foram registrados 7 assassinatos no campo maranhense

Lançamento Conflitos no Campo Brasil 2022

Realização: CPT (Comissão Pastoral da Terra – Regional Maranhão)

A Comissão Pastoral da Terra (CPT) regional Maranhão convida para o lançamento da publicação “Conflitos no Campo Brasil 2022”, que será realizado, no dia 10 de maio de 2023, na sede do IESMA, de 9h às 17h (hora de Brasília). 

Junto ao lançamento presencial, ocorre a transmissão online através dos canais oficiais da Comissão Pastoral da Terra.

com informações da CPT MARANHÃO

Sobre Redação Educadora

Verifique também

Decisão Judicial: Município de São Luís tem seis meses para reformar Socorrão II

O juiz Douglas de Melo Martins, titular da Titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de …

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x