sábado , 15 maio 2021
Foto: Radioagência Nacional

Geleiras estão derretendo em ritmo acelerado

Todas as geleiras do mundo estão derretendo em ritmo acelerado. A constatação é de um estudo divulgado essa semana pela revista internacional científica Nature. As placas de gelo da Groelândia e da Antártida ficaram de fora desse estudo. Com imagens de alta resolução do satélite Terra da Nasa, cientistas descobriram que entre os anos 2000 e 2019 as geleiras perderam em média 267 gigatoneladas de gelo por ano. E que, depois de 2015, a perda de massa subiu para 298 gigatoneladas anuais.

Pra termos a dimensão dessa perda, apenas uma gigatonelada preencheria todo o Central Park da cidade de Nova Iorque, no Estados Unidos, e chegaria a 341 metros de altura.

Os cientistas acreditam que as geleiras tem uma reação mais rápida a mudança climática quando comparadas as placas de gelo da Groelândia e da Antártida, e esse derretimento está provocando elevação no nível dos mares em cerca de 21%.

 

Fonte: Radioagência Nacional

Sobre Redação Educadora

Verifique também

Latinos viajam aos Estados Unidos em busca de imunização

Cidade do México e Lima – Um anúncio de uma agência de viagens oferece promoções …

Deixe uma resposta