terça-feira , 28 setembro 2021

Instalada CPI dos combustíveis no Maranhão para apurar reajustes abusivos

Em entrevista ao programa Roda Viva da Radio Educadora o deputado estadual Duarte Júnior do partido Republicanos, presidente da comissão parlamentar de inquérito criada para investigar passiveis abusos nos reajustes dos preços dos combustíveis falou dos objetivos que levaram a instalação da comissão na Assembleia Legislativa do Maranhão, sendo um deles buscar informações e ter acesso a documentações até então não repassadas ao Procon ou à secretaria de fazenda. desde o inicio do ano o preço foi reajustado 6 vezes.

 “Como presidente da comissão parlamentar de inquérito CPI o nosso objetivo é de fato apurar todos os reajustes no valor do combustível, já foram seis reajustes da gasolina só nesse ano de 2021 quando a Petrobras anuncia aumento já chega rápido ao consumidor, agora quando é redução a gente percebe que não chega na bomba. Na semana passada houve a primeira redução anunciada pela Petrobras de quatorze centavos, mas até então, nós consumidores não percebemos a diminuição dos valores na bomba do combustível então são questões como essa que nós estamos apurando nessa CPI tem 120 dias para concluir as investigações e estamos confiantes que mais uma vez vamos conseguir garante uma redução valor da gasolina do combustível do gás de cozinha em fizemos 2015/2016 como estava na presidência”, declarou o parlamentar.

O deputado afirmou que a instalação da CPI atende a um clamor da população e busca coletar informações sobre os sucessivos aumentos nos preços dos combustíveis e do gás de cozinha. Sobre a relação do ICMS com o aumento dos preços do gás e combustiveis Duarte afirmou ser favorável a reforma tributaria para seja justo para todos. A comissão já está  com os trabalhos em andamento e segue após a segunda reunião solicitando através de requerimento pedido de informações, desta vez ao Inmeq, para que contribua com as investigações. Além do Inmeq, Petrobras, Cade, Senacon, Ministério Público, Procon, Defensoria Pública, SSP, Sefaz e Delegacia da Receita Federal, bem como revendedoras e distribuidores de combustível são os órgãos que já haviam sido procurados pela Comissão.

Sobre Valeria Baldez

Verifique também

Governo encaminha ao Congresso plano de redução de benefícios fiscais

O governo encaminhou ao Congresso um projeto de lei que reduz incentivos e benefícios tributários …

Deixe um comentário