JMJ: arcebispo do Panamá destaca a importância da juventude na Igreja

JMJ: arcebispo do Panamá destaca a importância da juventude na Igreja

Faltam pouco mais de 270 dias para o Panamá recepcionar um grande evento para a juventude de todo o mundo, a Jornada Mundial da Juventude (JMJ). O  evento foi iniciado pelo então São João Paulo II, o grande incentivador da juventude cristã, amante da igreja jovem. Os preparativos para a JMJ não param e os pastores aproveitam a oportunidade do evento para motivar os jovens.

Dom José Domingo Ulloa Mendieta, arcebispo do Panamá, evidenciou sua empolgação ressaltando aos jovens o dever de protagonizar a alegria do Evangelho nas situações de injustiça e iniquidade que machucam a sociedade. “A Igreja Católica está à espera de uma primavera juvenil e nós do Panamá temos uma grande responsabilidade nesta JMJ2019!”, enfatizou ao presidir o XLVII Encontro Eucarístico realizado na arquidiocese.

O arcebispo, também presidente do Comitê organizador local da JMJ2019, congratulou-se pelos talentos juvenis que surgem constantemente na igreja e na sociedade de modo geral. “Líderes querem se afastar daquelas práticas políticas que levaram o país a esta situação impune”, ele ainda assegura que os jovens são portadores dessas práticas e não percebemos.