segunda-feira , 30 novembro 2020

O Papa em Santa Marta convida a não sermos cristãos “sim, mas…”

images

 

Na homilia desta terça-feira-24/03,na capela da Casa Santa Marta, o Santo Padre Francisco convidou os cristãos a renunciarem a atitude de dizer: “sim, mas…”, aproveitando as graças da Semana Santa que se aproxima.

Ele observou que Deus nos oferece a salvação de mil maneiras, e nós fazemos “caprichos espirituais” porque não sabemos aceitar “o estilo divino” e nos “entristecemos, escorregamos na lamentação”. Acontece hoje com muitos cristãos, como aconteceu com o povo judeu, salvado da escravidão, segundo narra a Bíblia.

Comentando o episódio do Livro dos Números, o Papa recordou que os judeus se rebelam às fadigas da fuga do deserto, ao alimento ‘leve’, e começam a “falar mal de Deus”. Muitos deles são mordidos e mortos por cobras venenosas.

Foi a oração de Moisés, que intercede por eles, com um cajado envolto por uma serpente – simbolizando profeticamente a Cruz de Cristo – que se tornou salvação do veneno.

“Nós, muitas vezes, encontramo-nos um pouco envenenados por este descontentamento pela nossa vida. Sim, verdadeiramente, Deus é bom, mas cristão sim, mas… cristãos sim, mas … cristãos que não concluem de abrir o coração à salvação de Deus e sempre pedem condições. Sim, mas… . Sim, sim, eu quero ser salvo mas por este caminho …. E assim, o coração torna-se envenenado”, afirmou Francisco.

O Papa recordou que “não aceitar o dom de Deus com o seu estilo é pecado, isso é o veneno, envenena a alma e tira-nos a alegria”. Jesus – disse o Santo Padre – resolve este pecado subindo ao Calvário. “Ele próprio toma consigo o veneno, o pecado. E esta alma morna, este ser cristão pela metade, só se cura olhando para a Cruz, olhando para Deus que assume os nossos pecados”.

Quantos cristãos hoje, concluiu Francisco, “morrem no deserto de sua tristeza, de sua murmuração, do seu não querer o estilo de vida de Deus”. E acrescenta: “Olhemos para a serpente, o veneno, ali, no corpo de Cristo, o veneno de todos os pecados do mundo e peçamos a graça de aceitar os momentos difíceis. De aceitar o estilo divino de salvação, de aceitar também este alimento assim leve, do qual se lamentavam os hebreus, de aceitar as coisas… De aceitar os caminhos pelos quais o Senhor nos leva em frente. Que esta Semana Santa, que começará domingo, nos ajude a sair desta tentação de tornarmo-nos ‘cristãos sim, mas…’”.

Fonte: http://www.zenit.org/pt/articles/o-papa-em-santa-marta-convida-a-nao-sermos-cristaos-sim-mas

Sobre Editor Rádio Educadora

Verifique também

Pais que amam seus filhos sabem corrigi-los

João Paulo II dizia que a família, santuário da vida, está sendo ameaçada Estão criando …

Deixe uma resposta