Foto: (Reprodução / Site da CNBB)

Papa motiva terço diário pela paz neste último domingo (1)

Iniciando o mês de maio, dedicado à Mãe de Deus, o Papa Francisco fez um convite. Durante a oração da Regina Coeli, o pontífice pediu que todos os fiéis e comunidades rezem o Terço pela paz todos os dias de maio. Em sua alocução, o Papa também lembrou do dia dedicado aos trabalhadores celebrado neste último domingo, 1 de maio. “O meu pensamento dirige-se imediatamente à cidade ucraniana de Mariupol, “cidade de Maria”, barbaramente bombardeada e destruída. Também agora, a partir daqui, renovo o apelo à criação de corredores humanitários seguros para as pessoas presas na siderurgia daquela cidade. Eu sofro e choro, pensando no sofrimento do povo ucraniano e em particular dos mais frágeis, dos idosos e das crianças. Chegam relatos terríveis de crianças expulsas e deportadas”, lamentou.

Francisco questionou “se estamos realmente à procura da paz; se existe a vontade de evitar uma contínua escalada militar e verbal; se estamos a fazer tudo o que é possível para silenciar as armas”.

“Peço-vos, não nos arrendamos à lógica da violência, à espiral perversa das armas. Tomemos o caminho do diálogo e da paz! Rezemos”.

Trabalho

No dia dedicado ao trabalho e aos trabalhadores, quando a Igreja também faz memória de São José Operário, Francisco desejou que a data seja “um incentivo à renovação do nosso compromisso para que o trabalho possa ser digno em toda a parte e para todos”.

“E que o mundo do trabalho inspire a vontade de desenvolver uma economia de paz. Gostaria de recordar os operários que morreram no trabalho: uma tragédia difundida, talvez demasiado”.

Com informações de Vatican News e foto de Vatican Media

 

Fonte: (Rádio Educadora do Maranhão / Site da CNBB)

Sobre Redação Educadora

Verifique também

Na intenção de oração para o mês de maio, Papa Francisco pede escuta, coragem e serviço aos jovens

Os jovens estão no centro da intenção de oração do Papa Francisco para este mês …

Deixe um comentário