A prisão foi efetuada em Turilândia. (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

Polícia Federal deflagra operação Pedras de Raio

Deflagrada na manhã desta terça-feira(11) a operação pedras de Raio na cidade de Turilândia no interior do estado do Maranhão. O objetivo da operação é de conter o comércio irregular de bens arqueológicos localizados no interior do Maranhão.

A investigação teve início a partir de “denúncia” encaminhada pela Universidade Federal do Maranhão que obteve informações de vendas de produtos arqueológicos na internet.

identificado o suspeito através de investigação proferida pela PF, foi cumprido mandado de busca e apreensão domiciliar, cumprido pelo órgão na manhã desta terça-feira.

É proibido, em todo o território nacional, o aproveitamento econômico de bens e sítios arqueológicos, e esclarece que a posse e a salvaguarda dos bens de natureza arqueológica ou pré-histórica constituem, em princípio, direito imanente ao estado.

Os investigados responderão, na medida de suas responsabilidades, pelo crime de receptação qualificada, e pelo crime de destruição, inutilização ou deterioração bem especialmente protegido por lei.

 

Sobre Redação Educadora

Verifique também

Brasil se aproxima de 6 milhões de casos e 4 mil mortes por dengue

O painel de monitoramento de arboviroses do Ministério da Saúde contabiliza 5.968.224 casos prováveis de …

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x