Faltam poucos dias para o maior evento católico de São Luís

Faltam poucos dias para o maior evento católico de São Luís

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Arquidiocese de São Luís está nos preparativos finais para solenidade de Corpus Christi, no Aterro do Bacanga

A Arquidiocese de São Luís celebra no dia 26 de maio, no Aterro do Bacanga, a Solenidade de Corpus Christi. A festa é uma das datas mais importantes do calendário católico e traz como tema: A Eucaristia nos compromete com o direito e a justiça. O tema recupera a proposta da Campanha da Fraternidade Ecumênica deste ano, que trata do cuidado com a “Casa Comum”, temática da encíclica do papa Francisco que aborda, sobretudo, a Ecologia.

“Jesus não nos deixou sozinhos, se faz pão para nos alimentar na caminhada e dar continuidade ao seu projeto de vida. E uma vida cristã que não se alimenta na Eucaristia, pode enfraquecer-se, fragilizar-se”, afirma o Coordenador Arquidiocesana de Pastoral, padre Crizantônio da Conceição Silva.

A festa do ‘Corpo e Sangue de Cristo’ é um evento religioso tradicional na capital maranhense. Embora seja uma data móvel, ocorre em todo o mundo. Mesmo que cada paróquia tenha suas particularidades, existe algo comum a elas neste período: o louvor e a adoração ao Santíssimo Sacramento do Corpo e Sangue de Cristo, a Eucaristia. Para expressar esse louvor, são muitas as paróquias e comunidades que adornam as igrejas, enfeitam as ruas e confeccionam  tapetes (de materiais reciclados) por onde passa a procissão de Corpus Christi. Feito de materiais reciclados como pó de café, serragem, cascalho, casca de ovo, sal grosso, entre outros, o tapete é preparado pelos fieis durante a noite e madrugada anterior, ou mesmo no dia da procissão.

O evento organizado pela Arquidiocese de São Luís se inicia às 14h30, com a concentração e chegada dos fiéis – uma grande parte em caravanas – de diversos bairros e comunidades da Grande São Luís e das cidades que compõem a região continental da Arquidiocese. Após a chegada do público, que é acolhido com muita animação pelos grupos musicais católicos, será iniciada, as 15h, a oração do Terço da Misericórdia. As 17h, haverá a Missa Solene presida pelo arcebispo metropolitano, dom José Belisário da Silva, e concelebrada pelo bispo auxiliar, dom Esmeraldo Barreto, e por bispos convidados, presbíteros e diáconos, em representação as mais de 50 paróquias da Arquidiocese.

Procissão – Após a missa será realizada, por volta das 18h30, uma grande procissão luminosa saindo do Aterro do Bacanga, percorrendo a Avenida Beira Mar em direção a praça Maria Aragão, onde o arcebispo dará a benção do Santíssimo Sacramento, às 20h. Neste ano, o Aterro do Bacanga foi escolhido novamente para receber a solenidade de Corpus Christi após o sucesso de 2015. O público e a coordenação do evento ficaram satisfeitos com a infraestrutura do local e os resultados, de um modo geral.

A festa de Corpus Christi é um evento arquidiocesano que mobiliza todas as paróquias de São Luís, ou seja, padres, diáconos, seminaristas, religiosos e religiosas, ministros leigos (por exemplo: os da Eucaristia e Palavra) e todo o povo de Deus. Assim como no ano passado, a Arquidiocese preparou um KIT Corpus Christi para cada fiel, composto por uma camisa, uma mochila, uma vela e um protetor de chamas. O kit custa R$ 25,00 e pode ser adquirido na sede da Arquidiocese, na Praça Pedro II – Centro, nas paróquias, ou no dia do evento, no Aterro do Bacanga.

Origem – A expressão Corpus Christi é de origem latina e significa “Corpo de Cristo”. Essa solenidade acontece sempre na quinta-feira depois do dia de Pentecostes. A celebração teve origem em 1243, em Liège, na Bélgica, no século XIII, quando a freira Juliana de Cornion teria tido visões de Cristo demonstrando-lhe desejo de que o mistério da Eucaristia fosse celebrado com destaque. “Celebrar a ceia eucarística é a celebrar a presença de Jesus em nosso meio”, exemplifica dom José Belisário da Silva, arcebispo de São Luís.

Em 1264, o Papa Urbano IV, através da Bula Papal “Trasnsiturus de hoc mundo”, estendeu a festa para toda a Igreja. A procissão com a Hóstia consagrada, conduzida em um ostensório pelas ruas, é datada de 1274. Porém, segundo historiadores, foi na época barroca que a tradição ganhou força.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.