sábado , 15 maio 2021
Foto: MP-MA

Operação da Gaeco em parceria com o Polícia Civil do Maranhão cumprem mandados de busca e apreensão nesta quinta-feira, 15

O Grupo de Atuação Especializada no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e a Polícia Civil do Maranhão realizam, na manhã desta quinta-feira, 15, a operação Laços de Família em São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar, Miranda do Norte e Bom Jardim. O foco é cumprir mandados de busca e apreensão, expedidos pela 1° Vara Criminal da Comarca da Grande Ilha de São Luís.

Participam da operação promotores de justiça do Gaeco, junto com 24 equipes da Polícia Civil formadas por delegados, investigadores e escrivães.

As investigações tiveram início a partir da denúncia feita pelo Tribunal de Contas da União (TCU) acerca de desvios de recursos públicos que ocorreram no período de 2017 a 2020, enquanto o ex-prefeito de Miranda do Norte, Carlos Eduardo Fonseca Belfort, conhecido como Negão, era o gestor da cidade. Tal esquema teria sido usado também por outro ex-prefeito do município, José Lourenço Bonfim Junior, durante o período de 2009 a 2016.

Apreensões

A operação realizada levou a apreensão de computadores, celulares, tablets e documentos em diversos endereços. Na residência do deputado Junior Lourenço (PL), por exemplo, foram encontrados documentos da prefeitura de Miranda do Norte.

Os aparelhos eletrônicos e os documentos passarão por análise do Ministério Público do Maranhão e da Polícia Civil. Todos os investigados foram intimados a prestar depoimentos.

 

Fonte: Polícia Civil do Maranhão

Sobre Redação Educadora

Verifique também

Latinos viajam aos Estados Unidos em busca de imunização

Cidade do México e Lima – Um anúncio de uma agência de viagens oferece promoções …

Deixe uma resposta