Polícia Federal deflaga operação Ressurreição

Foi deflagrada na manhã desta terça-feira(25) uma operação chamada “Ressureição”. a Polícia apreendeu artigos de luxo em uma operação contra uma suposta quadrilha que usava cartões de pagamento de benefícios de pessoas que já morreram para pegar dinheiro de aposentadorias, no Maranhão.

A Operação foi realizada em Presidente Médici e foram cumpridos dois mandados judiciais de busca e apreensão. Houve ainda o afastamento e quebra do sigilo bancário e fiscal de um dos investigados, que não teve o nome informado.

foram apreendidos diversos artigos como: joias, uma arma não registrada, uma moto e um carro de luxo, além de cartões de pagamento de benefícios em nome de terceiros, comprovantes de saques e empréstimos consignados em conta de benefícios previdenciários em nome de terceiros.

AS investigações começaram em março de 2020, quando foi descoberto um suposto esquema especializado em fraudes contra a Previdência Social. Segundo a Polícia Federal, os criminosos compravam ou furtavam documentos de beneficiários já falecidos, mas continuavam ativando os cartões e recebendo o dinheiro das aposentadorias/pensões indefinidamente.

Pelos cálculos da Coordenação de Inteligência Previdenciária (COINP), em apenas seis benefícios identificados, o prejuízo inicialmente apontado é de R$ 287 mil aos cofres públicos, mas é possível que o valor seja ainda maior.

Os supostos autores estão sendo investigados pelos crimes de estelionato previdenciário, associação criminosa e lavagem de dinheiro cujas penas de prisão podem chegar a até 20 anos.

Com informações da Polícia Federal

Sobre Redação Educadora

Verifique também

Bebê de 1 ano e 6 meses morre ao ser atropelado por van no Maranhão

Um bebê de 1 ano e 6 meses, identificado como Arthur Oliveira Batista, faleceu após …

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x