terça-feira , 1 dezembro 2020

PORNOGRAFIA: A “NOVA” DROGA

pornografia-vicio-destrave-300x232

Há uma diversidade de drogas que prejudicam a vida de um ser humano em seus diversos aspectos. Contudo, existem estudos, como o da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, que apontam a pornografia como impactante na atividade cerebral de modo semelhante ao de alcoólicos e drogados. Por outro lado, mesmo sem embasamento científico, é possível diagnosticar a escravidão que ela causa em uma pessoa.

A pornografia retira de nós a caridade de um modo muito mais amplo do que se pode imaginar. Para efeito de conscientização, vou citar algumas consequências de seu uso:

– Constrói um ato egoísta ao ser consumida;
– É capaz de levar ao isolamento;
– Promove, como um todo, a indústria pornográfica “por meio de cliques”;
– Torna o outro um objeto de prazer;
– Instiga a iniciação sexual antes do tempo;
– Dificulta a escolha de um parceiro para se relacionar;
– Tende a mudar os conceitos de beleza física;
– Adquire-se lembranças indesejáveis que, por muito tempo, ficarão na mente do indivíduo;
– Ofusca o verdadeiro sentido do ato conjugal;
– Pode destruir casamentos;
– Há situações em que é acompanhada da masturbação;
– Desperta curiosidades indevidas.

Enfim, dá à vida própria um sofrimento silencioso e extremamente doloroso, pois o viciado em pornografia esconde seu problema por muito tempo.

Lembremo-nos daquele momento em que Jesus falou com a Samaritana perto da fonte (Jo 4, 5-30). Ele sabia da história dela, assim como conhece a nossa. Ela queria água, e o Senhor tinha a Água Viva, que jorra para a vida eterna, para lhe dar.

Temos um Deus que caminha conosco. N’Ele encontramos a vitória para essa ferida da sociedade! Ele deseja que todos sejam jovens sarados, que homens e mulheres estejam em sintonia e que todas as famílias sejam novas! Por isso, a todos aqueles que buscam a castidade enquanto solteiros ou casados, digo-lhes que os sacramentos fazem parte dessa água que nos limpa e nos leva à santidade. Não esqueçamos também da vida de oração, do santo rosário, da Palavra de Deus, das mortificações e do jejum. Nossa Senhora é a mãe da pureza, e ela pode nos ensinar a chegar ao coração límpido de Jesus.

Diante disso, exortemo-nos a buscar o “amor livre, total, fiel e fecundo” (encíclica Humanae Vitae) em Deus, que é a própria fonte (1 Jo 4, 8).
Mostremos a todos que é possível, sim, viver a castidade e o amor verdadeiro! Assim seja!

Fonte: http://destrave.cancaonova.com/pornografia-a-nova-droga/

Sobre Rádio Educadora

Verifique também

Comissão da CNBB emite nota sobre o Dia Mundial da Água

A nota recorda que a água, como direito humano, deve ser assegurada de forma universal …

Deixe uma resposta