Fonte: Rádio Educadora

Risco de privatização dos Correios é pauta de entrevista entre a Rádio Educadora e o Secretário do SINTECT-MA, Márcio Martins

Uma recente questão colocada em debate é a privatização da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). Atualmente, tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 591/21, enviado pelo Poder Executivo, que concede permissão para que os serviços postais possam ser explorados pela iniciativa privada.

Nesta quinta-feira, 20, o secretário geral do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos do Maranhão e Similares (SINTECT-MA), Márcio Martins, conversou com os apresentadores do programa Roda Viva a respeito do assunto.

Segundo o secretário, o SINTECT-MA posiciona-se contra o projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados. O Sindicato justifica sua colocação a partir das consequências que a aprovação do PL pode ocasionar. Entre elas, segundo Márcio Martins, estão possíveis demissões de trabalhadores da categoria.

Outro efeito que a proposta do PL pode desencadear, ainda segundo o secretário, é o aumento dos preços nas postagens dos produtos. “Para a questão logística, o Maranhão está no final de rota. Quem trabalha com frete sabe que são caros quando os produtos vêm do Centro Oeste, Sul e Sudeste para nosso estado. E os Correios saindo de cena, ficariam bem mais caros”, comentou Martins.

Quem também pode vir a ser afetada, de acordo com o secretário, são os moradores que residem em municípios do interior do estado pelo pouco lucro que renderia. “Só tem a maioria dos serviços públicos dos Correios no interior graças à constituição federal que obrigada os Correios a ter uma agência em cada município. Se vier a ser privatizado, não tem porquê montarem no interior”, explicou Márcio Martins.

 

Fonte: Agência Educadora

Sobre Redação Educadora

Verifique também

Junho Vermelho: Campanha incentiva doação de sangue

No mês de conscientização sobre a doação de sangue os apresentadores do programa “Roda Viva” …

Deixe uma resposta