O segredo para viver bem o matrimônio

O segredo para viver bem o matrimônio

download

Quando vivemos bem o matrimônio, somos mais felizes e realizados afetiva e sexualmente

Foi assim que Tobias falou: “Levanta-te, Sara, e roguemos a Deus, hoje, amanhã e depois de amanhã. Estaremos unidos a Deus durante estas três noites” (Tb 8,4).

Veja a coragem de Tobias: conservou-se virgem até aquele dia e, na noite das núpcias, convidou sua esposa para passarem três noites em oração, unidos a Deus, para somente depois da terceira noite consumarem a união. O mais importante vem em seguida: “Porque somos filhos de santos, e não nos devemos casar como os pagãos que não conhecem a Deus ” (Tb 8,5).

Dou um passo a mais e convido também os casados a assumirem com o Senhor o compromisso de viverem suas relações conjugais de maneira pura, santa, como Deus quer, sem as aberrações que o mundo lhes ensina por meio de filmes, vídeos, revistas e tudo mais.

O mundo desconsidera o que de mais puro Deus criou: a união do homem e da mulher como Seus “sócios” para a existência de filhos neste mundo. Foi Deus quem quis que a criação de Seus filhos continuasse por meio da sexualidade do homem e da mulher. O sacramento do matrimônio vivido de maneira santa é lindo! A tentação e o mundo ensinaram aberrações que profanam e dessacralizam o que Deus criou de mais sagrado.

Sei que há muitas provocações e que, por isso, não é fácil aos casados manter a fidelidade nos dias de hoje. Mas porque “somos filhos de santos”, queremos ser santos. Não podemos viver o matrimônio “como os pagãos que não conhecem Deus”.

Queremos viver a pureza e a santidade naquilo que de mais sublime o Senhor fez para o homem e a mulher, que são o matrimônio e as relações conjugais.

Você pode viver a fidelidade. É claro que vai lhe custar muito “joelho dobrado”, muita força de vontade, confissão, arrependimento e jejum. Será necessário fazer mortificações, deixar, por exemplo, o cigarro, a cervejinha, para se manter firme e forte nesse propósito! Porque, na verdade, se você cede sempre ao cigarro, à cervejinha, quando chegar à sexualidade, você também não vai aguentar!

E mais: a fidelidade não é só para a mulher. Há muito marido que diz: “Com a minha mulher, não! Com a minha filha, não!”, mas pode com a mulher e a filha dos outros?

Fonte: http://padrejonas.cancaonova.com/informativos/artigos/o-segredo-para-viver-bem-o-matrimonio/