Correios lança pedra fundamental de Complexo Operacional no Maranhão

Nesta sexta-feira (27), os Correios lançaram a pedra fundamental do novo Complexo Operacional da estatal em São Luís (MA). Estiveram presentes o presidente dos Correios, Fabiano Silva dos Santos; o ministro das Comunicações, Juscelino Filho; o vice-governador do Estado do Maranhão, Felipe Camarão; o Diretor de Administração dos Correios, José Rorício Aguiar de Vasconcelos; e o Superintendente Executivo dos Correios no Maranhão, Thiago Silva Serra, entre outras autoridades.

“Hoje, estamos fazendo muito mais do que lançar a pedra fundamental de uma obra. Estamos construindo um futuro melhor, com mais negócios, mais desenvolvimento, mais emprego e mais renda para a população de São Luís e região”, afirmou o presidente dos Correios, Fabiano Silva dos Santos, destacando que a obra faz parte do Novo PAC do governo federal, com investimento de R$ 56 milhões.

O presidente da estatal ressaltou que a construção só será possível porque o Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, no primeiro dia do seu mandato, retirou os Correios da lista de privatizações.

O ministro das Comunicações, Juscelino Filho, destacou a importância que o governo federal dá à estatal e o papel essencial dos Correios, ao povo brasileiro. “O presidente Lula sempre destacou o papel social dos Correios, sua capacidade única de atender a todas as regiões do Brasil, incluindo as mais distantes, sempre levando cidadania, oportunidades e desenvolvimento a todos os nossos cidadãos. Hoje, estamos honrando com o nosso compromisso de modernizar a infraestrutura dos Correios”, disse.

Sobre o complexo operacional – O terreno de mais de 43 mil m² contará com uma área construída de quase 11 mil m², com pavimento térreo, mezanino, área de parqueamento e guaritas.

A construção terá ainda hall de acesso, recepção, banheiros, refeitório, espaço qualidade de vida, jardins, elevador e sala de reunião. Todos os ambientes serão climatizados, inclusive o salão operacional. Além disso, haverá 217 vagas de estacionamento para diversos tipos de veículos, dentre carros, motocicletas, bicicletas, vans e caminhões.

O projeto do novo complexo alia estética, funcionalidade, segurança e sustentabilidade. Estão previstos um sistema de reuso de águas pluviais para atender áreas administrativas e jardinagem, e a instalação de uma usina de geração de energia solar.

A construção deste Complexo Operacional é um investimento também em geração de emprego e renda, na revitalização do seu entorno e na criação de oportunidades e novos negócios para o Estado do Maranhão.

Sobre Matheus Coimbra

Verifique também

Cratera causa riscos a pedestres e motoristas que transitam na MA-203

Uma cratera que se formou na MA-203, situada na cidade de Raposa, na Região Metropolitana …

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x